A Implosão

A Implosão By Nuno Júdice, A Implos o Dois antigos conhecidos do tempo da Ditadura e das conspira es encontram se muitos anos depois numa manifesta o contra um governo que traiu as promessas feitas ao seu povo Tudo se passa portanto n
  • Title: A Implosão
  • Author: Nuno Júdice
  • ISBN: 9789722051675
  • Page: 315
  • Format: None
  • A Implosão By Nuno Júdice, Dois antigos conhecidos do tempo da Ditadura e das conspira es encontram se, muitos anos depois, numa manifesta o contra um governo que traiu as promessas feitas ao seu povo Tudo se passa, portanto, num pa s imagin rio de um continente tamb m imagin rio uma Europa que se encontra em completa desagrega o social e pol tica Um deles convida o outro para o acompanhar a uDois antigos conhecidos do tempo da Ditadura e das conspira es encontram se, muitos anos depois, numa manifesta o contra um governo que traiu as promessas feitas ao seu povo Tudo se passa, portanto, num pa s imagin rio de um continente tamb m imagin rio uma Europa que se encontra em completa desagrega o social e pol tica Um deles convida o outro para o acompanhar a uma igreja onde se encontra um caix o cujo conte do ele n o revela Uma mulher Ou algo de secreto para uma revolu o de que ambos falam como se fosse necess ria Durante a noite falam do passado, do presente, da mulher que ambos amaram, e do homem que ela teria amado e que os traiu a todos ligando se aos v rios governos que se sucederam, independentemente da cor pol tica, apenas para satisfazer os seus interesses A noite acaba com a descoberta do segredo que o caix o esconde e com os dois amigos a partirem na madrugada do dia em que a igreja vai ser implodida.
    A Implosão By Nuno Júdice,
    • [✓ A Implosão || ↠ PDF Read by ✓ Nuno Júdice]
      315 Nuno Júdice
    • thumbnail Title: [✓ A Implosão || ↠ PDF Read by ✓ Nuno Júdice]
      Posted by:Nuno Júdice
      Published :2020-03-23T09:22:18+00:00

    About "Nuno Júdice"

    1. Nuno Júdice

      NUNO J DICE nasceu na Mexilhoeira Grande, Portim o, em 29 de Abril de 1949 Licenciou se em Filologia Rom nica, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, vindo depois a ser professor do ensino secund rio Actualmente, professor da Faculdade de Ci ncias Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde se doutorou em Literaturas Rom nicas Comparadas, em 1988 com a tese O espa o do conto no texto medieval Colaborou ainda nas publica es O Tempo e o Modo e Jornal de Letras A partir de 1997, passou a desempenhar, em Paris, os cargos de conselheiro cultural da embaixada portuguesa e delegado do Instituto Cam es.Publicou um livro de divulga o da literatura portuguesa do s c XX em Fran a Voyage dans un si cle de litt rature portugaise 1993 reeditado e revisto na edi o portuguesa Viagem por um s culo de literatura 1997.Tem livros traduzidos em Espanha, It lia, Venezuela, Inglaterra e em Fran a, onde est publicado na colec o Po sie Gallimard com Un chant dans l epaisseur du temps.Foi nomeado Conselheiro Cultural da Embaixada de Portugal e Director do Instituto Cam es, em ParisFoi comiss rio para a rea da Literatura de Portugal como pa s tema da 49 Feira do Livro de Frankfurt.Tem escrito obras de fic o, como Pl ncton 1981 , A Manta Religiosa 1982 , O Tesouro da Rainha de Sab 1984 , V speras de Sombras 1999 e Por Todos os S culos 1999 Publicou o primeiro livro de poesia em 1972 A No o do Poema Seguiram se Cr tica Dom stica dos Paralelip pedos 1973 , O Mecanismo Rom ntico da Fragmenta o 1975 , O Voo de Igitur Num Copo de Dados 1981 , A Partilha dos Mitos 1982 , Lira de L quen 1985, Pr mio Pen Club Portugu s , A Condescend ncia do Ser 1988 , Enumera o de Sombras 1989 , As Regras da Perspectiva 1990 , Um Canto na Espessura do Tempo 1992 , Medita o sobre Ru nas 1994, Grande Pr mio de Poesia da Associa o Portuguesa de Escritores, 1995 , O Movimento do Mundo 1996 , A Fonte da Vida 1997 , Raptos Enl vements Kidnappings 1998, poemas escolhidos, com ilustra es de Jorge Martins , Teoria Geral do Sentimento 1999 , Linhas de gua 2000 e A rvore dos Milagres 2000.De entre as suas obras de ensaio destacam se A Era do Orpheu 1986 , O Espa o do Conto no Texto Medieval 1991 , O Processo Po tico 1992 e As M scaras do Poema 1998 , sendo esta ltima obra uma recolha de muitos dos seus textos de ensaio e cr tica.Em 1996, foi lan ada a revista Tabacaria dirigidas pelo escritor.Recebeu os mais importantes pr mios de poesia portugueses Pen Clube em 1985 , D Dinis da Funda o Casa de Mateus 1990 e da Associa o Portuguesa de Escritores 1994 , este ltimo com o livro Medita o sobre Ru nas que foi finalista do Pr mio Europeu de Literatura, Aristeion Nuno J dice recebeu ainda o Pr mio de Poesia Pablo Neruda e o Pr mio da Funda o da Casa de Mateus.Em 2001, publicou Pedro, Lembrando In s e Cartografia de Emo es, um livro de poesia No mesmo ano, Rimas e Contas, integrada na colect nea Poesia Reunida 1976 2000, foi reconhecida com o Pr mio Cr tica 2000, pelo Centro Portugu s da Associa o Internacional dos Cr ticos Liter rios AICL

    640 thoughts on “A Implosão”


    1. A Implos o de Nuno J dice uma obra de leitura r pida e acess vel O livro conta a hist ria de dois ex revolucion rios do tempo da Ditadura que se encontram ap s v rios anos sem se contactarem, e come am um di logo que pretende esclarecer antigos mist rios que datam dos seus tempos de conspira o contra o regime Esporadicamente, a conversa gera corol rios que exp em a atual deteriora o do sonho europeu.J dice consegue criar uma interessante din mica no discurso entre os protagonistas, onde a fronte [...]


    2. Nada mais apropriado nos dias de hoje Os patifes n o sabem o que h o de fazer Andam a roubar nos, o que Lembras te da Alemanha no tempo dos nazis Roubaram tudo aos judeus E nem era preciso disfar ar era s esvaziarem lhes as casas, partirem lhes as lojas o que nos est o a fazer, aqui Mas aprenderam, as coisas agora s o feitas com maior limpeza, tudo muito in cuo, n o h viol ncia Mas o roubo o mesmo Acaso n o aprendemos com o que se passou para parar com isto a tempo No tempo da Inquisi o, quando [...]


    3. Sinceramente, n o acho que seja um dos melhores livros para ler Achei muito confuso, talvez por n o estar organizado por cap tulos e uma vez que, n o o pude ler de seguida nem o queria , era complicado lembrar me do que j tinha acontecido Achei o fim um pouco mais interessante do que o resto do livro, mas mesmo assim, fiquei desiludida.Fico contente, apenas, por ser til para a faculdade, porque de resto, n o o compraria para ler.




    Leave a Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *